Objetivos na Juventude

Posted on 08/04/2013

0


Resumo da 36ª. Reunião com adolescentes e pré-adolescentes – Domingo 24/02/13

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dando sequência ao assunto “objetivos” , tema da pregação do Pastor Edson Honório aos jovens, em sua preciosa visita à São Paulo no mês de janeiro, fizemos uma conexão entre esse tema, a “Primogenitura” e a história de Esaú e Jacó.

Nossa primeira Leitura Bíblica foi: Gênesis 25-

21 E Isaque orou insistentemente ao SENHOR por sua mulher, porquanto era estéril; e o SENHOR ouviu as suas orações, e Rebeca sua mulher concebeu. 22 E os filhos lutavam dentro dela; então disse: Se assim é, por que sou eu assim? E foi perguntar ao SENHOR. 23 E o SENHOR lhe disse: Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e o maior servirá ao menor. 24 E cumprindo-se os seus dias para dar à luz, eis gêmeos no seu ventre. 25 E saiu o primeiro ruivo e todo como um vestido de pelo; por isso chamaram o seu nome Esaú. 26 E depois saiu o seu irmão, agarrada sua mão ao calcanhar de Esaú; por isso se chamou o seu nome Jacó. E era Isaque da idade de sessenta anos quando os gerou. 27 E cresceram os meninos, e Esaú foi homem perito na caça, homem do campo; mas Jacó era homem simples, habitando em tendas. 28 E amava Isaque a Esaú, porque a caça era de seu gosto, mas Rebeca amava a Jacó. 29 E Jacó cozera um guisado; e veio Esaú do campo, e estava ele cansado; 30 E disse Esaú a Jacó: Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho, porque estou cansado. Por isso se chamou Edom. 31 Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura. 32 E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura? 33 Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó. 34 E Jacó deu pão a Esaú e o guisado de lentilhas; e ele comeu, e bebeu, e levantou-se, e saiu. Assim desprezou Esaú a sua primogenitura.

Vimos que o grande objetivo da vida de Jacó sempre foi a primogenitura e procuramos entender porque ele lutou tanto para obtê-la .

Para isto, contamos com a preciosa ajuda do Ir. Adilson Pinheiro, que, como conhecedor das escrituras, e militando na profissão de advogado, nos falou sobre os Privilégios e status conferidos pela PRIMOGENITURA .

No oriente, o primogênito, ou o filho mais velho, gozava de certos privilégios em relação aos outros filhos. Dava-se isto de um modo especial entre os hebreus. O primogênito era consagrado ao Senhor (Êx 22.29). Pertencia-lhe a excelência da dignidade e a excelência do poder (Gn 49.3). Quando morria o pai, recebia ele porção dobrada na distribuição dos bens de família (Dt 21.17) – e nas famílias reais era ele quem sucedia no trono (2 Cr 21.3). o direito de primogenitura e os privilégios que lhe eram inerentes poderiam ser retirados por inconveniente conduta do primogênito, como no exemplo dos filhos de Isaque, sendo transferidos os direitos dessa situação (Gn 27.37). O filho mais velho era muito respeitado na família, e à medida que a família ia crescendo, ia ele pouco a pouco obtendo mais autoridade, vindo por esse fato a ser o maioral -‘cabeça da casa de seu pai’ Nas primitivas genealogias das Escrituras, o primogênito de uma linha é muitas vezes mencionado (Gn 22.21 e 25.13) de um modo particular.

O ir. Adilson contou um testemunho pessoal sobre sua conversão. Ele tinha um desejo íntimo de servir a Deus, apesar de sua família não ser cristã, e ainda muito jovem se batizou, mas continuava tendo companheirismo com outros jovens, que não eram cristãos, até que um dia veio sobre ele um sentimento muito forte que lhe dizia: entre em seu quarto e leia o Salmo 1. Ele obedeceu à voz de Deus e fez isto, e aquele Salmo foi vivificado em seu coração e ele nunca mais gastou seu tempo com companhias que não eram cristãs, e até hoje, tem sido bem sucedido, tanto na vida cristã, como no aspecto sentimental, profissional, mesmo com muitas dificuldades enfrentadas. Lemos o Salmo 1

1 Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. 2 Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. 3 Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. 4 Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha. 5 Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. 6 Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.

Nossa terceira Leitura Bíblica foi:– Gênesis 27-

1 E aconteceu que, como Isaque envelheceu, e os seus olhos se escureceram, de maneira que não podia ver, chamou a Esaú, seu filho mais velho, e disse-lhe: Meu filho. E ele lhe disse: Eis-me aqui. 2 E ele disse: Eis que já agora estou velho, e não sei o dia da minha morte; 3 Agora, pois, toma as tuas armas, a tua aljava e o teu arco, e sai ao campo, e apanha para mim alguma caça. 4 E faze-me um guisado saboroso, como eu gosto, e traze-mo, para que eu coma; para que minha alma te abençoe, antes que morra. 5 E Rebeca escutou quando Isaque falava ao seu filho Esaú. E foi Esaú ao campo para apanhar a caça que havia de trazer. 6 Então falou Rebeca a Jacó seu filho, dizendo: Eis que tenho ouvido o teu pai que falava com Esaú teu irmão, dizendo: 7 Traze-me caça, e faze-me um guisado saboroso, para que eu coma, e te abençoe diante da face do SENHOR, antes da minha morte. 8 Agora, pois, filho meu, ouve a minha voz naquilo que eu te mando: 9 Vai agora ao rebanho, e traze-me de lá dois bons cabritos, e eu farei deles um guisado saboroso para teu pai, como ele gosta; 10 E levá-lo-ás a teu pai, para que o coma; para que te abençoe antes da sua morte. 11 Então disse Jacó a Rebeca, sua mãe: Eis que Esaú meu irmão é homem cabeludo, e eu homem liso; 12 Porventura me apalpará o meu pai, e serei aos seus olhos como enganador; assim trarei eu sobre mim maldição, e não bênção. 13 E disse-lhe sua mãe: Meu filho, sobre mim seja a tua maldição; somente obedece à minha voz, e vai, traze-mos.

14 E foi, e tomou-os, e trouxe-os a sua mãe; e sua mãe fez um guisado saboroso, como seu pai gostava. 15 Depois tomou Rebeca os vestidos de gala de Esaú, seu filho mais velho, que tinha consigo em casa, e vestiu a Jacó, seu filho menor; 16 E com as peles dos cabritos cobriu as suas mãos e a lisura do seu pescoço; 17 E deu o guisado saboroso e o pão que tinha preparado, na mão de Jacó seu filho. 18 E foi ele a seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui; quem és tu, meu filho? 19 E Jacó disse a seu pai: Eu sou Esaú, teu primogênito; tenho feito como me disseste; levanta-te agora, assenta-te e come da minha caça, para que a tua alma me abençoe. 20 Então disse Isaque a seu filho: Como é isto, que tão cedo a achaste, filho meu? E ele disse: Porque o SENHOR teu Deus a mandou ao meu encontro. 21 E disse Isaque a Jacó: Chega-te agora, para que te apalpe, meu filho, se és meu filho Esaú mesmo, ou não. 22 Então se chegou Jacó a Isaque seu pai, que o apalpou, e disse: A voz é a voz de Jacó, porém as mãos são as mãos de Esaú. 23 E não o conheceu, porquanto as suas mãos estavam cabeludas, como as mãos de Esaú seu irmão; e abençoou-o. 24 E disse: És tu meu filho Esaú mesmo? E ele disse: Eu sou. 25 Então disse: Faze chegar isso perto de mim, para que coma da caça de meu filho; para que a minha alma te abençoe. E chegou-lhe, e comeu; trouxe-lhe também vinho, e bebeu. 26 E disse-lhe Isaque seu pai: Ora chega-te, e beija-me, filho meu. 27 E chegou-se, e beijou-o; então sentindo o cheiro das suas vestes, abençoou-o, e disse: Eis que o cheiro do meu filho é como o cheiro do campo, que o SENHOR abençoou; 28 Assim, pois, te dê Deus do orvalho dos céus, e das gorduras da terra, e abundäncia de trigo e de mosto. 29 Sirvam-te povos, e nações se encurvem a ti; sê senhor de teus irmãos, e os filhos da tua mãe se encurvem a ti; malditos sejam os que te amaldiçoarem, e benditos sejam os que te abençoarem. 30 E aconteceu que, acabando Isaque de abençoar a Jacó, apenas Jacó acabava de sair da presença de Isaque seu pai, veio Esaú, seu irmão, da sua caça; 31 E fez também ele um guisado saboroso, e trouxe-o a seu pai; e disse a seu pai: Levanta-te, meu pai, e come da caça de teu filho, para que me abençoe a tua alma. 32 E disse-lhe Isaque seu pai: Quem és tu? E ele disse: Eu sou teu filho, o teu primogênito Esaú. 33 Então estremeceu Isaque de um estremecimento muito grande, e disse: Quem, pois, é aquele que apanhou a caça, e ma trouxe? E comi de tudo, antes que tu viesses, e abençoei-o, e ele será bendito. 34 Esaú, ouvindo as palavras de seu pai, bradou com grande e mui amargo brado, e disse a seu pai: Abençoa-me também a mim, meu pai. 35 E ele disse: Veio teu irmão com sutileza, e tomou a tua bênção. 36 Então disse ele: Não é o seu nome justamente Jacó, tanto que já duas vezes me enganou? A minha primogenitura me tomou, e eis que agora me tomou a minha bênção. E perguntou: Não reservaste, pois, para mim nenhuma bênção? 37 Então respondeu Isaque a Esaú dizendo: Eis que o tenho posto por senhor sobre ti, e todos os seus irmãos lhe tenho dado por servos; e de trigo e de mosto o tenho fortalecido; que te farei, pois, agora, meu filho?38 E disse Esaú a seu pai: Tens uma só bênção, meu pai ? Abençoa-me também a mim, meu pai. E levantou Esaú a sua voz, e chorou.

Aproveitando os esclarecimentos dados pelo Ir. Adilson e a leitura bíblica falamos sobre: Cada coisa tem seu lugar em nossas vidas – Será preciso perder para só então valorizar ?

Vimos que Esaú era o primogênito por direito, porém, não a valorizou nem um pouquinho, trocando-a por um prato de lentilhas, que satisfez sua necessidade imediata, a fome. A fome voltaria, porém, a primogenitura, nunca mais… Mas, como muitos de nós fazemos em nossa vida, Esaú só valorizou a primogenitura depois que a perdeu Tivemos, com o Natãnael, a leitura da Mensagem: O Filtro do Homem que pensa :

117 Observem. Oh, Esaú pensou que aquela primogenitura não significava o que Deus havia dito, que ali estava a diferença entre a vida e a morte. E assim como Eva e como Judas, venderam suas primogenituras pela satisfação do gosto do conhecimento da civilização. Foi exatamente por causa disto que Eva vendeu sua primogenitura. Ela a vendeu por um pequeno gosto de ciência, um pequeno gosto do conhecimento mundano, uma igreja um pouco melhor, uma classe de pessoas um pouco melhor, hoje seria chamada. Vêem? E Judas vendeu sua primogenitura por trinta peças de prata e fez um pouco de dólares extra…

Nossa quarta Leitura Bíblica foi:– Gênesis 32 –

1 Jacó também seguiu o seu caminho, e encontraram-no os anjos de Deus. 2 E Jacó disse, quando os viu: Este é o exército de Deus. E chamou aquele lugar Maanaim. 3 E enviou Jacó mensageiros adiante de si a Esaú, seu irmão, à terra de Seir, território de Edom. 4 E ordenou-lhes, dizendo: Assim direis a meu senhor Esaú: Assim diz Jacó, teu servo: Como peregrino morei com Labão, e me detive lá até agora; 5 E tenho bois e jumentos, ovelhas, e servos e servas; e enviei para o anunciar a meu senhor, para que ache graça em teus olhos. 6 E os mensageiros voltaram a Jacó, dizendo: Fomos a teu irmão Esaú; e também ele vem para encontrar-te, e quatrocentos homens com ele. 7 Então Jacó temeu muito e angustiou-se; e repartiu o povo que com ele estava, e as ovelhas, e as vacas, e os camelos, em dois bandos. 8 Porque dizia: Se Esaú vier a um bando e o ferir, o outro bando escapará. 9 Disse mais Jacó: Deus de meu pai Abraão, e Deus de meu pai Isaque, o SENHOR, que me disseste: Torna-te à tua terra, e a tua parentela, e far-te-ei bem; 10 Menor sou eu que todas as beneficências, e que toda a fidelidade que fizeste ao teu servo; porque com meu cajado passei este Jordão, e agora me tornei em dois bandos. 11 Livra-me, peço-te, da mão de meu irmão, da mão de Esaú; porque eu o temo; porventura não venha, e me fira, e a mãe com os filhos. 12 E tu o disseste: Certamente te farei bem, e farei a tua descendência como a areia do mar, que pela multidão não se pode contar. 13 E passou ali aquela noite; e tomou do que lhe veio à sua mão, um presente para seu irmão Esaú: 14 Duzentas cabras e vinte bodes; duzentas ovelhas e vinte carneiros; 15 Trinta camelas de leite com suas crias, quarenta vacas e dez novilhos; vinte jumentas e dez jumentinhos;

16 E deu-os na mão dos seus servos, cada rebanho à parte, e disse a seus servos: Passai adiante de mim e ponde espaço entre rebanho e rebanho. 17 E ordenou ao primeiro, dizendo: Quando Esaú, meu irmão, te encontrar, e te perguntar, dizendo: De quem és, e para onde vais, e de quem são estes diante de ti? 18 Então dirás: São de teu servo Jacó, presente que envia a meu senhor, a Esaú; e eis que ele mesmo vem também atrás de nós. 19 E ordenou também ao segundo, e ao terceiro, e a todos os que vinham atrás dos rebanhos, dizendo: Conforme a esta mesma palavra falareis a Esaú, quando o achardes. 20 E direis também: Eis que o teu servo Jacó vem atrás de nós. Porque dizia: Eu o aplacarei com o presente, que vai adiante de mim, e depois verei a sua face; porventura ele me aceitará. 21 Assim, passou o presente adiante dele; ele, porém, passou aquela noite no arraial. 22 E levantou-se aquela mesma noite, e tomou as suas duas mulheres, e as suas duas servas, e os seus onze filhos, e passou o vau de Jaboque. 23 E tomou-os e fê-los passar o ribeiro; e fez passar tudo o que tinha. 24 Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu. 25 E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele. 26 E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares. 27 E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó. 28 Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste. 29 E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali. 30 E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva. 31 E saiu-lhe o sol, quando passou a Peniel; e manquejava da sua coxa.

Em seguida falamos sobre: Se Deus não está presente nos nossos objetivos e planos, não teremos satisfação ao alcança-los . Jacó obteve TUDO, mas faltava-lhe a benção de Deus, e ele não descansou até obtê-la, mas para isto, teve que ter coragem e resolver enfrentar seu irmão a quem havia enganado no passado.

Tivemos, com o ir. Luiz, a leitura da Mensagem: Sexto Selo :

76 E o que faz um — um homem errar? O que o faz beber e se comportar de forma duvidosa, ou uma mulher errar? É porque ela está tentando… Há algo nela causando sede. Algo nele que o faz sedento. E eles estão tentando saciar essa sede santa com as coisas do mundo. Quando, Deus deveria ser aquela satisfação. Ele te fez dessa maneira, para que você tivesse sede. Essa é a razão pela qual você está sedento por algo. Deus te fez desta maneira, então você voltaria aquela sede santa para Ele. Vêem? Mas quando você tenta saciar essa sede… Como ousa alguém fazer isso! Você não tem o direito de fazer isso, tentar saciar essa sede santa que te faz sedento por algo, e, então, e você direciona isso para o mundo, tenta satisfazê-la com o mundo. Você não pode fazer isso. Há somente uma coisa que preencherá aquilo, e essa é Deus. E Ele te fez dessa maneira.

Esaú pensou que estaria realizado apenas por obter a primogenitura, mas não foi assim. Enquanto não decidiu reaproximar-se de seu irmão e, principalmente, enquanto não lutou com Deus até obter a benção divina, não teve paz. Ele lutou, e conseguiu, porém, saiu da luta com uma sequela que o acompanharia para sempre: saiu mancando de uma perna e, certamente, toda a vez que mancava, lembrava-se de sua luta para obter a benção de Deus.

Aproveitamos para falar sobre: Podemos pensar que não nos sentimos realizados porque não conquistamos tudo o que queremos, mas, com a ajuda da mensagem vimos que não é assim:

Mensagem: Aquele Dia no Calvário

35 Esta é a razão pela qual muitas vezes hoje o pecador continua peregrinando. Uma bonita jovem que corta um pouco de seu cabelo para ser popular, pinta a sua face para fazer com que pareça bonita, coloca roupas para mostrar a forma de seu ser… porque é a única coisa que você pode encontrar… Encontrar em alguma parte… tentar encontrar algo para que volte a ela; quando ela pode fazer com que um homem assobie para ela, acene para ela, flerte com ela. Jovens farão a mesma coisa para a mulher. Tentam estar eles mesmos atraentes para elas. O vizinho constrói uma casa e a coloca de uma determinada maneira porque ela terá uma aparência melhor do que a casa de seu vizinho. É o tempo inteiro. Estamos procurando por algo, e algo continua indo só um pouquinho acima disto. 36 Uma jovem encontrará outra jovem que é mais popular do que ela. O vizinho encontrará uma casa que terá uma aparência melhor do que a dele. A mulher encontrará outra mulher vestida de um certo modo que parecerá melhor do que ela está vestida. É algo em nós que está procurando por algo, e isto mostra que estamos perdidos. Nós queremos encontrar aquele algo que nos trará àquela satisfação, que preencherá aquele ponto de fome ali; mas parece que não podemos encontrar isto. 37 Os seres humanos tentaram isto através das eras. Eles choraram por isto. Eles choraram. Eles fizeram tudo que sabiam como fazer, mas continuaram e não encontraram isto vagueando através do mundo. 38 Finalmente um dia… este foi aquele dia no Calvário…ali estava Um que desceu da Glória… Um chamado Jesus Cristo, o Filho de Deus o Qual desceu da Glória, e o Calvário foi formado. Aquele foi o dia em que o preço foi pago, e a pergunta sobre o pecado foi encerrada para sempre, e abriu o caminho para esta coisa que eles estavam sedentos e famintos. Isto trouxe a um lugar de satisfação.

Vimos que: “Nada substitui a experiência de ter o Espírito Santo” É natural e desejável que o jovem tenha sonhos e objetivos, mas, para que se sinta realizado e dê passos certos, é necessário que dê o primeiro lugar a Deus, em sua vida.

Mensagem: Vida – Ir. Luiz

110 Então, o diabo tem outra maneira. Nós apenas temos um momento, ainda, para isto. O diabo tem outra maneira para perverter, além disso. Dizendo: “Eu digo que não bebo, irmão Branham, eu não fumo. Eu não jogo. Eu não trairia meu esposo ou minha esposa. Eu – eu farei… Eu vivo uma vida boa.” “Mas o diabo perverteu isto. Ele te faz pensar, para satisfazer sua consciência culpada, que você indo e se unindo a uma igreja você estará bem. Isto é errado. Isto é perversão. Você não pode obter satisfação só em unir a uma igreja. Você terá apenas um relacionamento mental e intelectual.

111 Mas você nunca estará satisfeito até que você O conheça, como o perdão para os seus pecados, onde a questão do pecado é resolvida, e você terá aquele amável, calmo, pacífico, Eterno companheirismo com Ele para sempre. Quando a paz de Deus que vai além de todo entendimento santificar sua alma e te fizer uma nova criatura em Cristo Jesus. Unir à igreja não fará isto. Não, senhor. Isto está apenas pervertendo a causa verdadeira. Se o diabo não puder te levar para estas coisas, ele te levará para estas outras. Mas não se estabeleça em nada a não ser na antiquada experiência do Novo Nascimento, nascer de novo no Espírito do Deus Eterno. Quando a sua alma e Deus se unirem e vocês se tornarem um.

Concluímos que, “dar a Deus o primeiro lugar” não significa apenas vir à igreja, o que é muito bom, mas significa ter uma vida consagrada e dirigida por Ele. Se fizermos isto, de todo nosso coração, Ele nos animará naquilo que é bom para nós e nos desanimará naquilo não é bom. Esta é a única garantia de satisfação plena. Este é o verdadeiro “sucesso”.

Posted in: Pequenas Aguias